.sobre o tasco

.Cafes Servidos

.A Beber

online

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 

.ultimas tretas

. League of Legends Season ...

. 1400 Bactérias vivem no u...

. À procura de trabalho II ...

. À procura de trabalho

. À conversa com Sá Pinto

. Dúvidas sobre o Direito P...

. Inundação no Alqueva

. Feliz Natal 2009

. 2 Aniversario Sigacafe

. Licenciado e...desemprega...

. Canal F.C.Porto

. Mistério da Hitoria Ameri...

. Calculadora Windows

. Seguro às pernas...mas nã...

. Coreia do Norte - Portuga...

. Pão e Circo

. Americanice VII

. Destruição de bombas nucl...

. Gripe A em Portugal

. Americanice VI

.tretas arquivadas

. Novembro 2015

. Julho 2011

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

Sábado, 15 de Dezembro de 2007

Chuva de meteoritos


Nesta madrugada houve chuva de estrelas, uma das maiores chuvas de estrelas do ano, este fenómeno decorre anualmente em Dezembro.

 

O presidente do Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), Rui Agostinho, explicou que em Dezembro a Terra cruza a órbita do asteróide Faetonte e são os «detritos» largados por este os responsáveis pela «chuva de estrelas» que decorre anualmente entre 7 e 17 de Dezembro.


O espectáculo começou ao cair da noite, o ponto mais alto decorreu por volta 2:20, quando o radiante se encontra mais alto no céu, o espectáculo se prolongou até ao nascer do Sol.

 

De acordo com Rui Agostinho, o nome deste «enxame de meteoros» resulta de os traços das suas estrelas cadentes parecerem sair dum ponto da constelação de Gémeos (o radiante) e, em média, «poderão ser vistos 120 meteoros por hora».




 

«Este ano, na altura de maior actividade das Gemínidas, temos a Lua a nosso favor, pois vai encontrar-se a caminho do quarto crescente, favorável para observação. Só nos resta esperar boas condições meteorológicas», refere o site do Observatório.

 

Os técnicos do OAL aconselham os interessados a observarem o fenómeno num local escuro, fora das luzes dos centros populacionais, com um horizonte desimpedido.

 

Se o céu se apresentar límpido, os técnicos prometem uma visão de Marte (mesmo na constelação dos Gémeos) e das estrelas e constelações de Inverno «em todo o seu esplendor»: Aldebarã, Pleiades do Touro, Capela, Sirius, Procyon, os Gémeos Castor e Polux e Arcturus.


(NOTICIA RETIRAR DO SITE IOL)


"Claro que os membros do SigaCafé não perderam o espetáculo"


sinto-me:
servido por sigacafe às 04:38

link do post | comentar | favorito
|

.AZAI

Creative Commons License
Licença Creative Commons.

.Tradutor

.5QUINAS

.Cinzeiro




.Cervejas aconselháveis

.Montra