.sobre o tasco

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 

.ultimas tretas

. League of Legends Season ...

. 1400 Bactérias vivem no u...

. À procura de trabalho II ...

. À procura de trabalho

. À conversa com Sá Pinto

. Dúvidas sobre o Direito P...

. Inundação no Alqueva

. Feliz Natal 2009

. 2 Aniversario Sigacafe

. Licenciado e...desemprega...

. Canal F.C.Porto

. Mistério da Hitoria Ameri...

. Calculadora Windows

. Seguro às pernas...mas nã...

. Coreia do Norte - Portuga...

. Pão e Circo

. Americanice VII

. Destruição de bombas nucl...

. Gripe A em Portugal

. Americanice VI

.tretas arquivadas

. Novembro 2015

. Julho 2011

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009

Feliz Natal 2009

 

 

 

(Imagem Editada)

 

 

 

servido por sigacafe às 04:22

link do post | favorito
De Subjectividades a 31 de Dezembro de 2009 às 11:48
De repente, num instante fugaz,
os fogos de artifício anunciam que o ano novo está presente
e o ano velho ficou para trás.

De repente, num instante fugaz,
as taças de champagne se cruzam e o vinho francês borbulhante anuncia que
o ano velho se foi e ano novo chegou.

De repente, os olhos se cruzam,
as mãos se entrelaçam e os seres humanos,
num abraço caloroso, num so pensamento,
exprimem um só desejo e uma só aspiração: paz e amor.

De repente, não importa a nação, não importa a língua,
não importa a cor, não importa a origem,
porque todos são humanos e descendentes de um só Pai,
os homens lembram-se apenas de um só verbo: amar.

De repente, sem mágoa, sem rancor, sem ódio,
os homens cantam uma só canção, um só hino: o hino da liberdade.

De repente, os homens esquecem o passado,
lembram-se do futuro venturoso, de como é bom viver.
Feliz Ano Novo !


Abraço da Isabel
Comentar:
De
( )Anónimo- este blog não permite a publicação de comentários anónimos.
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Cervejas aconselháveis